26 de novembro de 2009



POESIA
Ana Barreto

Fazer poesia é falar ao coração
Em cada verso, o sentimento
A força de cada bom momento
Trilhado nos caminhos da emoção

É a poesia que nos rouba a razão
E que invade cada pensamento
É a poesia que é levada no vento
E nos transporta a outra dimensão

E se de poesia eu falo, eu peço
Não reparem eventual retrocesso
De alguma estrofe mal cuidada

A poesia que grita em minh'alma
Tira-me a paz, rouba-me a calma
Até que eu a liberte da morada...

6 comentários:

Rosa disse...

Escrever poesias é uma maneira de deixar à alma e coração falar.
Adorei teu blog!
Parabéns!

A Equipe disse...

Meu Blog Tem Conteúdo

Seleção dos Melhores Blogs Culturais do Brasil!
http://meublogtemconteudo.blogspot.com/

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
Seleção dos Melhores Blogs Culturais do Brasil!!!!
-Só Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs Culturais do Brasil!

O seu link encontra-se Aqui:

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/


Pegue nosso selo em:
http://meublogtemconteudo.blogspot.com/


Um forte abraço,
Da Equipe do Meu Blog Tem Conteúdo

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/

Sílc disse...

Ana Barreto: Estou emocionada e encabulada ao vir visitar sua Casa. Passiei por ela, me deliciei. com toda humildade de um discípulo estarei sempre te seguindo,lendo, aprendendo, reaprendendo, percebendo, como é bom existir Mestres como você nesse universo lindo das palavras. Obrigada!
com amor e carinho
Sílvia
http://silminhacolchaderetalhos.blogspot.com/

Poemas de Amor e Graça disse...

ANA, querida Irmã no Olimpo :
Adoro seus sonetos e, nessa adoração,
lhe peço me permita ir mais adiante
com

Poesia e Prosa

Falando aos corações vai a Poesia
e em cada verso segue o sentimento,
pela oportuna força do momento
com seus requintes de telepatia.

Na emoção não segue a fantasia
de criar simplesmente envolvimento,
irresponsável como o próprio vento,
que se alardeia até em ventania.

Poesia e Prosa são as duas primas
que às vezes se parecem no contexto,
mas se distinguem na questão de rimas.

Cresce mais a Poesia na paixão,
quando no verso explode o seu pretexto
de conquistar inteiro um coração.

Jo®ge das Neves
ÁSdeAMOR
http://jorgedasneves.com/
{ site em construção }

cheia de charme disse...

Parabens a Aninha e ao poeta Jorge das Neves, duas pessoas que tenho o previlégio de fazer parte de seu rol de amigos, é realmente maravilhoso o dueto, ficou lindo, parabens aos dois grande parceira, amo vocês.

Bjos

telegrama.blogspot.com disse...

FAZER POESIA
com
ANA BARRETO

Fazer poesia, entrar pelo seu mundo,
chegar devagarinho num soneto,
é meu desejo às vezes tão profundo
que nas rimas me embolo e me derreto.

O sentimento em mim se faz profundo
e é tão profundo que me comprometo
tornar meu estro muito mais fecundo
e tão bonito como um minueto.

A música me chega na cadência
dessas estrofes que vou construindo,
arrancando de mim melhor essência.

Entra meu ser numa paisagem calma
e assim chegando com sorriso lindo
encarno no soneto esta minh’alma.

www.jorgedasneves.com
beijos poéticos