26 de novembro de 2009



ROMPENDO ELOS
Ana Barreto


Hoje eu deixei de respirar o seu ar
Extirpei de mim o que de você restava
Perdoe-me, mas sua presença magoava
E eu não pude amor, mais continuar

Perdoe-me se parti assim, sem lhe avisar
Acho que por isso você não esperava
Porque todas as coisas que eu sonhava
Inesperadamente vi ruir, só pude chorar

Perdoe-me mas seguirei outros caminhos
Vendo flores muito mais do que espinhos
Esse dom você não conseguiu de mim tirar

Buscarei amor, olhar uma outra paisagem
E se nela eu vir a sua menor passagem
Eu sei que fugirei para não mais errar...

4 comentários:

artes disse...

CRISTAL DE TALENTOS ainda espera por você! Aproveite as ultimas vagas para este maravilhoso projeto.
Uma antologia diferenciada onde escritores, poetas e artistas plásticos poderão expor suas obras em grande estilo.
Em parceria com a CBL (Câmara Brasileira do Livro) leva o selo e código de barras da editora Scortecci, e terá seu lançamento oficial na 21ª Bienal de São Paulo.
http://projectocristal.weebly.com/

Para participar, entre em contato conosco:
comendadora@hotmail.com

Poemas de Amor e Graça disse...

Irmã no Olimpo:
É uma delícia
ler-te os sonetos.

Não resisti à tentação
de sonetar também.
Lancei um arremedo de resposta.

Não entenda como falta de respeito.
Produzi apenas
arremedo de
exercício literário.

Com ÁSdeAMOR
rsrrrs

Poemas de Amor e Graça disse...

ELOS REFEITOS

Respira fundo junto do meu peito.
Dentro de mim existe tua essência
que aqui persiste mesmo em tua ausência
pois nosso amor jamais fora desfeito.

Os elos entre nós são, por direito,
egrégora marcante na excelência,
nas qualidades de que o amor é feito,
vivendo não apenas de aparência.

Sonho que voltas. Moras na paisagem.
Sendo uma rosa, nunca tens espinhos,
por isso adoro-te em feliz imagem.

Partiste sim, mas tu em mim ficaste
e te conservo assim pelos caminhos
como uma flor eterna e sem desgaste.

Jo®ge das Neves
ÁSdeAMOR
em parceria com soneto ROMPENDO OS ELOS

Maria Rita Bomfim disse...

Eu não sei qual poema dizer ser mais bonito
a lágrima desce pois somos pura emoção
Deus abençoe seu caminho, jamais deixe
de escrever
Felicidades minha irmã querida